Enviar a matéria pelo WhatsApp

CRIANÇAS EM CASA? COMO AJUDAR OS PEQUENOS A PASSAR ESTE MOMENTO


Se o isolamento social não é fácil para nós adultos, imagine para as crianças. Como explicar que não podemos sair de casa? E como ajudá-la a ter que lidar com uma nova rotina? E explicar que embora estejam todos em casa, não estamos de férias e que todos temos compromissos e deveres? Difícil né? Há muitos pais com dúvidas se devem conversar ou não com os filhos sobre o que está acontecendo no mundo. O Covid-19 é um vírus que chegou em nosso país e consequentemente alterou toda a dinâmica da vida das pessoas, inclusive das crianças. E é exatamente por isso que devemos explicar de uma forma lúdica e cuidadosa o que está acontecendo e o porquê estão em isolamento.


É importante ser bastante objetivo, quanto mais informações a criança tiver mais confuso pode ser para que possa entender. Uma dica é explicar que estamos em isolamento para evitar adoecer e responder as perguntas caso surjam. Crianças não precisam saber o índice de mortalidade nem as consequências sérias que isso pode ocasionar. Saberem que é como uma gripe e que já tem pessoas que estão as protegendo e criando vacinas pode confortá-las.


Mais importante ainda do que as palavras são os comportamentos que pais, responsáveis e quaisquer outras pessoas que convivam com a criança tenham frente ao problema. As crianças conseguem perceber a forma como os pais estão lidando com a situação através da compreensão que tem dos comportamentos daqueles que as cercam.


Devemos instruir as crianças sobre a melhor forma de se prevenir, porém no momento não devemos ameaçá-las que pegarão o vírus quando seus comportamentos não estão de acordo com o que é necessário. O medo não ajudará que aprendam, apenas os deixará assustados. As crianças podem achar que por estarem em casa e com os pais, na maioria das vezes, estão de férias. É importante que saibam que este isolamento não é para descanso e sim para a proteção da família, portanto alguns compromissos devem ser seguidos, como por exemplo, as atividades que muitas escolas estão passando para os alunos via meios digitais. Dizer que o que está acontecendo é temporário também facilitará no momento em que tiverem de voltar à suas rotinas habituais.


Criança gosta de rotina, apesar de as vezes não parecer. Mas eles sentem-se seguros quando sabem o que irá acontecer logo após uma atividade. É exatamente por isso que gostam de assistir sempre os mesmos desenhos. Já sabem exatamente o que acontecerá. Portanto, apesar de termos uma certa dificuldade em criarmos alguma rotina com todos se adaptando a nova realidade, ela pode ajudar as crianças a ficarem mais tranquilas, cooperarem e passarem por esta fase com a sensação de segurança.


Aproveitem a tecnologia ao nosso favor e deixem que as crianças falem com amiguinhos, avós, bisavós ou qualquer outra pessoa que queiram via chamada de vídeo. Além de interessante para algumas crianças pode ajudar com a saudade e a falta que estas pessoas fazem em sua vida. Um último conselho que dou é para ouvirem seus filhos. Conversem, perguntem sobre como estão se sentindo, o que gostariam de fazer neste tempo, brinquem e aproveitem ao máximo o tempo que conseguirem ficar com eles, afinal, também temos que olhar os pontos positivos de ficarmos em isolamento social até para contribuir com nossa sanidade mental.



0 visualização

A vida nos enche de motivos para Celebrar. É só prestar atenção aos detalhes para ver que, ao nosso redor, existem inúmeras razões para festejar, comemorar, reunir e partilhar.

© 2016 Revista Celebrar - Todos os Direitos Reservados - Este Site Foi Orgulhosamente desenvolvido por: Agência Integre

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube