“Chárreata” é a nova forma de presentear noivas e gestantes durante quarentena



Não podemos nos reunir, não podemos fazer festa, mas o ser humano é tão criativo que quando se importa com alguém dá um jeito de estar presente. As “Chárreatas” estão acontecendo em todo Brasil e aqui em Dourados não seria diferente. Vamos mostrar dois exemplos, uma noiva que ganhou um chá bar e uma gestante que teve chá de bebê ao estilo Drive-Thru.


Jaqueline Dierings estava com casamento marcado. Seria 30 de maio em Gramado. O Chá bar aconteceria no dia 28 de março. Mas foi justamente no terceiro mês do ano que chegou a quarentena. As pessoas teriam que fazer isolamento social. “Não é agradável, estava tudo programado, tudo planejado, de repente chega algo desconhecido. Tirando o baque inicial, até que aceitem bem, mas não posso dizer que não foi chato”, conta a empresária.





Mas a empresária não imaginava o que estava por vir. As madrinhas e amigas organizaram um Chá bar surpresa. Falaram para ela descer do prédio, na calçada tinha uma mesa com lembrancinhas e os amigos se aproximavam de carro e entregavam presentes.




“Foram mais de 30 mulheres, me senti muito amada, feliz, fiquei emotiva. São detalhes que importam”, declara Jaque.


Tabata Penalva Luque Oliveira estava grávida. O Chá de bebê estava programado, mas veio a quarentena. “Pensamos até em adiar, mas não sabíamos quanto tempo duraria a quarentena. Eu fiquei muito triste, doida para que tudo voltasse ao normal para que pudéssemos nos reunir e celebrar o chá do Octávio. Mas, infelizmente, a quarentena se prolongou mais do que o esperado e o chá teve de ser cancelado. E eu passava todos os dias pensando no chá, principalmente quando chegou o