A vida nos enche de motivos para Celebrar. É só prestar atenção aos detalhes para ver que, ao nosso redor, existem inúmeras razões para festejar, comemorar, reunir e partilhar.

© 2016 Revista Celebrar - Todos os Direitos Reservados - Este Site Foi Orgulhosamente desenvolvido por: Agência Integre

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
Compartilhar

Codependência emocional


A codependência é um transtorno emocional que se caracteriza por uma dependência excessiva de um indivíduo em relação a outro. Pode-se dizer também que é uma prisão, onde o indivíduo suporta qualquer tipo de comportamento e suas consequências, sem perceber que está abrindo mão de sua própria vida e de seus sonhos.

É muito comum que o codependente emocional se perceba somente através da opinião do outro, isso acontece porque ele é incapaz de perceber seus sentimentos, não tem autoconfiança, quando estes se referem a sua própria pessoa, e também não são capazes de atribuir a ele características positivas. Veja alguns sintomas de uma codependência emocional: Autoestima baixa. É um indivíduo que não consegue se colocar em primeiro lugar, tem dificuldade de tomar suas próprias decisões ou de se posicionar em algo bom para ele, não se acha merecedor.

Negação: Busca sempre negar a realidade que lhe é apresentada de modo ruim, para não ter que lidar com o problema. Por exemplo, se o marido está traindo a esposa, ela pensa algo do tipo: “não é nada sério, é só uma aventura passageira, logo ele para com isso”.

Expectativa: Cria muita expectativa com poucas ações recebidas do outro. Nesse caso existe grandes chances de frustrações depois.

Alguns tratamentos indicados são indicados como a Psicoterapia que trabalha a autoestima para mostrar para esse paciente suas capacidades e seus potencias, entre outras coisas. Queira mais para sua vida, se você se identificou com o texto ou conhece alguém que está passando por uma situação assim, procure orientá-la dos possíveis tratamentos que devem ser feito, é muito importante que essa pessoa procure querer mais para sua vida, buscar melhorar suas capacidades, procurar mudar a maneira como ela se enxerga. O tratamento, nesse caso, fará muita diferença para que essa pessoa consiga ter mais qualidade de vida no futuro e possa ter um relacionamento saudável primeiramente com ela mesma.


2 visualizações