Enviar a matéria pelo WhatsApp

Você já pensou em se tornar um cidadão Italiano?


Já pensou ter facilidade para viajar, estudar e trabalhar livremente em qualquer país da União Europeia?

Você também poderá passar pela fila de Europeus nos aeroportos e postos de Alfândega.

O passaporte italiano está na lista dos melhores passaportes do mundo. Isso porque ele dá direito a viajar por 155 países sem a obtenção de visto (inclusive para os Estados Unidos).

O Grande benefício da cidadania italiana é ter os mesmos direitos que qualquer cidadão Europeu. Podendo estudar em instituições de ensino público, utilizar o sistema de saúde, residir e até concorrer a cargos públicos em toda região pertencente ao Acordo de Schengen.

A moradia em qualquer um dos 28 países da União Europeia ou dos 30 países do Acordo de Schengen. Ao todo, você pode escolher entre 32 países, fora o Brasil e os países com ele acordados, para residir.

Mas o que é preciso para se tornar um cidadão Italiano?

Muita pesquisa, paciência e dinheiro são necessários para dar entrada no reconhecimento da cidadania italiana.

Primeiro passo é descobrir se você tem direito ao reconhecimento. A cidadania italiana é garantida por jus sanguinis (direito de sangue, na expressão em latim), ou seja, pode ser adquirida por descendentes de origem italiana (filhos, netos, bisnetos, etc) e também por cônjuges. No entanto, é preciso estar atento as limitações na lei.

Segundo passo é reunir os documentos necessários para dar entrada no processo.

Terceiro passo é definir como ira requerer a cidadania:

1- Aguardar a fila do Consulado, que a média de espera está em 12 anos. O reconhecimento da cidadania italiana pode ser feito pelos consulados italianos no Brasil. Devido às longas filas de espera nos consulados, que chegam a mais de uma década, muitos brasileiros optam por realizar o processo na Itália.

2- Ou Requerer diretamente na Itália no prazo médio de 90 dias. Uma lei italiana garante o reconhecimento da cidadania para descendentes de italianos que estabelecem residência no país. Esse reconhecimento na Itália pode ser feito sozinho ou por meio de um assessor. O processo é lento, caro e com muitos sacrifícios, mas vale a pena !

AUGURI!

#matériascapa #capa

0 visualização

A vida nos enche de motivos para Celebrar. É só prestar atenção aos detalhes para ver que, ao nosso redor, existem inúmeras razões para festejar, comemorar, reunir e partilhar.

© 2016 Revista Celebrar - Todos os Direitos Reservados - Este Site Foi Orgulhosamente desenvolvido por: Agência Integre

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube