Enviar a matéria pelo WhatsApp

Síndrome do pensamento acelerado


ANSIEDADE, SONO RUIM, LAPSO DE MEMÓRIA, TRISTEZA, DOR CRÔNICA PODEM SER SINTOMAS DA SÍNDROME DO PENSAMENTO ACELERADO

Diariamente recebemos pessoas relatando sintomas como ansiedade, dificuldade de concentração, insônia, falta de direção, de foco, baixa produtividade, cansaço e até sintomas psicossomáticos como dor de cabeça, nos músculos, nas costas,dentre outros. É como se a mente estivesse o tempo todo cheia, que 24hs do dia não fossem suficientes para tantas atividades.

Essas pessoas podem estar em alto nível de stress e precisam urgentemente rever seus hábitos, rotinas, se conhecer, aprender lidar com seus limites, gerenciar melhor seu tempo e seu planejamento, caso contrário a mente pode entrar em colapso, o problema pode se agravar e desencadear a SÍNDROME DO PENSAMENTO ACELERADO (SPA).

Essa Síndrome tem sido considerada uma das doenças do século, ela produz uma hiper construção de pensamentos, numa velocidade tão alta que estressa e desgasta o cérebro. E agora a triste notícia: Milhares de pessoas no mundo todo estão nesse momento vivendo essa doença e na maioria das vezes não sabem,inclusive crianças. Por isso os pais precisam ficar atentos, pois muitas vezes querem fazer tudo pelos filhos e se cobram tanto por isso, que transmitem excessiva ansiedade e inquietação para eles.

“Nós pais precisamos nos cuidar muito, não apenas fisicamente, mas principalmente emocionalmente, pois nossos filhos são como esponjas prontas para absorver emoções e energia. Achamos normal tratar sintomas físicos, mas muitas vezes temos dificuldade de falar e aceitar sintomas emocionais e investir em nosso autoconhecimento e autodesenvolvimento. ” afirma Sara Lima.

A SPA (Síndrome do Pensamento Acelerado) não é desencadeada apenas nas pessoas que trabalham excessivamente ou que passaram por problemas ou situações delicadas como a perda de um ente querido, uma doença grave, um acidente, falência. Esses sintomas muitas vezes acontecem em pessoas que vão acumulando dores, frustrações, excesso de atividades, baixa autoestima, pessoas que por não se conhecerem não conseguem regular suas emoções e que não sabem dizer NÃO.

“Nosso cérebro é como um Notebook, vamos salvando arquivos, sobrecarregando memória, baixando sem querer vírus. De repente ele começa travar, a bateria dura pouco, perdemos arquivos e chegamos a pane do equipamento. A mente humana, funciona mais ou menos assim, vamos ultrapassando nossos limites diariamente e achamos que isso é normal e de repente...CHEGAMOS AO NOSSO LIMITE” afirma Sara Lima.

#matériascapa #capa

56 visualizações

A vida nos enche de motivos para Celebrar. É só prestar atenção aos detalhes para ver que, ao nosso redor, existem inúmeras razões para festejar, comemorar, reunir e partilhar.

© 2016 Revista Celebrar - Todos os Direitos Reservados - Este Site Foi Orgulhosamente desenvolvido por: Agência Integre

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube