A GUERRA SOCIAL DE TORCIDAS


Desde que começou a Copa, tenho visto nas redes sociais um guerra, sem tamanho e sem sentido, entre aqueles que estão torcendo fervorosamente pelo Brasil e os que estão torcendo contra. Não digo exatamente contra a seleção, mas contra essa idolatria, esse patriotismo quenos contagia em dias de jogo do nosso time, principalmente. Acho perda de tempo de ambos os lados essa animosidade que só prova que o que eu já disse e repito aqui: o Facebook é mesmo um tribunal de idiotas. Não generalizo para quem o usa diariamente como eu, por exemplo, mas me refiro a aqueles que o fazem apenas para achincalhar os que são contra a chamada “ordem geral”.

Basta alguém dizer que não gosta do Neymar que lá vem aquela enxurrada de ataques,discursos inflamados a favor do craque, xingamentos contra quem o critica. Enfim, não se pode ter uma opinião pessoal sem receber uma tijolada de alguém que se incomoda. Eu mesmo outro dia fiz uma postagem brincando com a animação do campo-grandense, dizendo que quase não ouvia fogos durante os gols do Brasil. Ahhh, pra que!! Não demorou muito,apareceu um indivíduo, que nem conheço, pra me xingar, me chamar de antipatriota, dizendo que aquilo era coisa de idiota, blá, blá, blá. Engraçado é que foi o único comentário agressivo,a maioria das pessoas riu e levou na esportiva, uns dizendo que já tinham ouvido 3 estampidos, outros que os fogos estavam sendo guardados pra final, etc. Coisa boba e divertida. Agora, me destratar porque eu “não estaria com espírito verde-amarelo”, me faça o favor, né?

Outro dia um amigo me revelou que deixou de ser chamado para assistir aos jogos na casa dos outros porque ele não entrava no clima da torcida, preferia ficar cuidando do churrasco enquanto alguns se descabelavam a cada gol perdido da seleção. Pode isso? Porra, cada um na sua! Cada um sabe a maneira que quer se manifestar. Torcer ou não torcer pelo país,independente do que o leve a isso, é problema de cada um. Vejo como uma grande imbecilidade criticar tal comportamento, assim como avacalhar com quem é fanático e põe o coração na boca a cada jogo.

Gente, será que esquecemos que o direito de cada um termina onde começa o do outro? Se alguém quiser não gostar do Neymar ou de qualquer outro jogador, ou até mesmo de não assistir à Copa do Mundo, que o faça na boa, sem que seja fuzilado por isso. Do mesmo jeito,que deixemos quietos os que param tudo pra assistir a um jogo e depois enchem a cara pra comemorar.

O que está cansando é aquele velho discurso tipo “veja o que o governo está fazendo enquanto você comemora gols do Brasil. Vai ver o tamanho da conta depois”. Isso não muda nada, a gente toma porrada do governo o ano todo, mesmo quando estamos atentos e não fazemos nada. Vai ser agora que vamos nos incomodar com as medidas tomadas “por debaixo dos panos”? Não adianta!

O Brasileiro é movido sim a pão e circo e não serão as guerrinhas virtuais nas redes sociais que vão mudar isso nem os discursinhos nacionalistas. Então, meu amigo, o que tiver de ser, será!O Brasil já ganhou outras Copas, passou meses comemorando e nem por isso a vida piorou. Ela simplesmente já tava ruim! Então aproveita e relaxa. Deixa aquele seu amigo que não gosta de futebol cuidar do churrasco e vai ajoelhar na frente da tv. E outra: o Facebook é uma rede social, não contribua ainda mais para que ela se torne antissocial!

#matérias #capa

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Enviar a matéria pelo WhatsApp