Enviar a matéria pelo WhatsApp

Vamos falar de peelings?


Em tempos modernos, repletos de tanta tecnologia, é possível imaginar que tratamentos de pele, usados antigamente, como os peelings químicos,tenham caído em desuso, certo? Errado! Os tratamentos à base de peelings, que induzem à descamação e troca de pele, evoluíram em qualidade e indicações, mantendo-se ainda no nosso arsenal de embelezamento.

O peeling químico tem o poder de atuar em várias camadas da pele, deforma superficial, média ou profunda. O seu efeito mais superficial promove o destacamento das células da camada córnea, garantindo a esfoliação da pele morta e melhorando o aspecto da textura ressecada e heterogênea.Aprofundando um pouco o efeito destrutivo celular, é possível obter o resultado clareador, pela renovação das camadas da epiderme onde se localizam manchas. De forma mais agressiva e profunda, os peelings podem chegar na derme, com o objetivo de diminuir a espessura da pele e áreas de fibrose, melhorando cicatrizes, estrias, poros e rugas, e também permite a redução de sinais benignos que surgem com a idade, muito comumente reconhecidos como verrugas senis.

Os protocolos de tratamento variam conforme o tom de pele, o aspecto da hidratação e oleosidade, e além disso, devem ser adaptados à rotina e grau de exposição solar de cada pessoa. São baseados na aplicação de um ou mais ácidos em conjunto ou em camadas, onde os agentes químicos podem ser definidos pelo seu pH e concentração, e variam em tempo de contato com a pele, número de sessões e intervalo de tempo entre elas. Em média,utiliza-se 3 a 5 sessões, divididas em 2 a 3 meses de tratamento.Peles oleosas geralmente são acompanhadas de acne e exigem um maior número de sessões, mas toleram melhor ácidos mais fortes.

Cuidados no pós peeling

Nos primeiros 7 a 10 dias, a pele tratada tenderá a ressecar e descascar, por isso é necessário seguir alguns passos:

- Hidratação com cremes reparadores da barreira cutânea, compressas fria se água thermal passar filtros solares com FPS 50 ou maior e reaplicar ao longo do dia de 3/3h

- Não se expor ao sol das 10 às 16h usar chapéu, boné ou sombrinha para sair à luz do dia em áreas externas não remover as peles que estão soltando, não utilizar sabonetes esfoliantes ou buchinhas caso ocorra irritação em algum local, com inchaço ou coceira, avisar seu médico e usar a pomada receitada por ele

Depois de uma semana, se a pele estiver normalizada, é recomendável voltar ao esquema de tratamento receitado para uso em casa (cremes diários de manutenção).

Resultados

Os peelings são procedimentos para serem feitos em consultório, aliados ao tratamento disciplinado e diário da pele, e podem ser feitos em conjunto com laseres e procedimentos injetáveis. Nos meses frios do ano fica mais fácil de cuidar do rosto e assim evitar os efeitos nocivos do sol na pele sensibilizada.Cada pele necessita de um programa específico e de orientação de manutenção dos resultados pós-peeling, por isso sempre há a necessidade de fazer um seguimento profissional adequado!

#matérias #capa

0 visualização

A vida nos enche de motivos para Celebrar. É só prestar atenção aos detalhes para ver que, ao nosso redor, existem inúmeras razões para festejar, comemorar, reunir e partilhar.

© 2016 Revista Celebrar - Todos os Direitos Reservados - Este Site Foi Orgulhosamente desenvolvido por: Agência Integre

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube