Enviar a matéria pelo WhatsApp

Damos a devida atenção aos contratos que assinamos para nosso casamento?


Será que damos a devida atenção aos contratos que assinamos para nosso casamento?

E você, sabe a importância de cada um deles para não ter surpresas desagradáveis às vésperas ou no dia do seu casamento?

E o contrato de fotografia, você sabe o que deve estar especificado?

A Assessora e Cerimonialista VALÉRIA TAVARES traz nesta matéria dicas importantes a serem observadas, desta vez, nos contratos de fotografia.

Casamento é um dos momentos mais importantes na vida de uma pessoa. Todos os casais sonham com este dia e querem que tudo seja perfeito. E quando aquele fornecedor não cumpre o que combinou com você verbalmente e, infelizmente, por não ter ficado especificado no contrato, não tem o que fazer?

Na fotografia, por exemplo, muitos profissionais fazem somente um evento por dia. E existem empresas que tem várias equipes. Então, tanto num caso quanto no outro, a dica nº 1 é definir por escrito quantos fotógrafos terão e qual o nome do fotógrafo principal que estará no seu casamento. O que tem acontecido muito é que os noivos vêem o portfólio do fotógrafo, se encantam com as fotos que são dele e às vezes, no dia, como ele tem mais que um casamento,contrata os freelancers que lhe prestarão este serviço.

Indico na dica nº 2 que confirme se os serviços contratados estão bem discriminados, por exemplo:

- Como serão entregues as fotos e qual a quantidade mínima?

- As fotos estarão em alta e baixa resolução, com ou sem marca d’água?

- Por quanto tempo os fotógrafos ficarão na festa?

- O ensaio pré-wedding está incluído?

Dica nº 03: Confira o prazo de entrega das fotos digitais e o prazo de entrega do álbum.

Na dica nº 4, observe se o álbum que escolheu é realmente o que está especificado em contrato, verificando o número de páginas e a quantidade de fotos nelas, o papel a ser usado, o tamanho de suas páginas ou lâminas, o tipo de laminação, o tipo de capa, se terá caixa.

E por último, na dica nº 5, veja se concorda com as multas por quebra de contrato, se os prazos e valores estipulados não são abusivos. De uma maneira geral, se existe multa para ambas as partes e se não é um contrato tendencioso.

Fique atento, use um tempo para analisar, ler com calma, esclarecer cada cláusula... isto vai propiciar que seu sonho se realize de acordo com suas expectativas.

Acompanhe-me!!!

#matérias #capa

33 visualizações

A vida nos enche de motivos para Celebrar. É só prestar atenção aos detalhes para ver que, ao nosso redor, existem inúmeras razões para festejar, comemorar, reunir e partilhar.

© 2016 Revista Celebrar - Todos os Direitos Reservados - Este Site Foi Orgulhosamente desenvolvido por: Agência Integre

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube