Enviar a matéria pelo WhatsApp

Especial dia das mães: Descobertas da maternidade


Estou de volta ao trabalho. Minha filha, Monalisa, vocês já conheceram na reportagem sobre o nascimento dela. Hoje está com quatro meses e muita coisa mudou. Ela cresceu, engordou, tomou vacinas, já está toda sorridente, quer ficar sentada mesmo ainda não conseguindo se equilibrar, é calma e brincalhona. Seu passatempo preferido arrisco dizer com toda certeza que é mamar.

Sim, o tempo voa. Ela cresceu.

E eu? Eu sou uma Miriam diferente. Minha essência está aqui, mas com certeza sou outra mulher. Me descobri uma pessoa muito mais forte do que eu imaginava. Ao mesmo tempo me percebi frágil e insegura em tantas situações. Foram 4 meses tão intensos, tão cheios de tudo. Ao mesmo passo que o tempo voou, houve momentos que o relógio andou lentamente (cólicas, senhores! Cólicas num bebê não são fáceis). Por outro lado, amamentar foi a maior descoberta da minha vida. Como é gostoso passar esses momentos com ela. Prover o sustento de uma pessoa é divino.

Esses são apenas alguns pontos do início desse mundo materno em que eu acabo de entrar. Um mundo cheio de dúvidas, palpites, sentimentos, temores, amores...

Descobri que ser mãe é um dom de Deus. Pois todo esse amor não pode vir de nós mesmas. É um amor genuíno que não quer nada em troca. Um amor puro. Tudo isso pode parecer clichê, mas quem é mãe sabe do que estou falando. Eu passei a valorizar minha mãe como nunca.

Por isso, fiz questão de fazer este post nesse domingo especial. Meu primeiro dia das mães. Pela primeira vez estarei do “outro lado”. Não apenas falarei “feliz dia das mães”. Também receberei cumprimentos. Porém, é muito mais do que isso. Dentro de mim nasceram duas novas pessoas; A Monalisa e eu. Eu renasci. E como qualquer recém-nascido, estou me descobrindo, aprendendo, errando, acertando, tentando...

Isso é ser mãe. Nem sempre vou acertar. Mas que vou fazer de tudo para ser a melhor que a Momo pode ter isso vou sim. Sem neuras, sem tantas cobranças mas com muito amor e dedicação. Afinal, ser mãe é renascer todo dia, é se alegrar a cada sorriso ou abraço do filho. Portanto, filhos, não deixem de abraçar e beijar suas mães, vocês podem não saber, mas esse carinho sincero faz toda diferença em nossa vida.

Feliz dia das mães!

#matérias #capa

28 visualizações

A vida nos enche de motivos para Celebrar. É só prestar atenção aos detalhes para ver que, ao nosso redor, existem inúmeras razões para festejar, comemorar, reunir e partilhar.

© 2016 Revista Celebrar - Todos os Direitos Reservados - Este Site Foi Orgulhosamente desenvolvido por: Agência Integre

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube