Enviar a matéria pelo WhatsApp

Veja como foi a Revelação do sexo do bebê da nossa jornalista e mais ideias para você!


Quando eu vi esta história de “chá de revelação” confesso que no início pensei que seria só mais uma coisa para gastar. Só que depois que engravidei foi me dando vontade de fazer um também. Vou contar para vocês como foi o meu! #CháDeRevelação #MeninoOuMenina #CelebreAvida #CelebreTodosOsMomentos

Descobrir o sexo do bebê se tornou um momento ainda mais especial e não só na vida dos pais, mas para toda a família. Combinei com minha cunhada (Gabriela) que só ela saberia o sexo, sei que ela guardaria o segredo a sete chaves. Aí começamos a pesquisar sobre o evento na internet. Vi que o jeito mais conhecido era com o bolo, que quando corta, a cor do recheio indica o sexo.

Mas achei um outro jeito, com um balão e dentro tinha papel picado rosa ou azul. Só que eu queria algo mais espalhafatoso. Foi aí que veio a ideia: lembrei daquelas festas que as pessoas vão de branco e jogam pó de tinta colorido umas nas outras. Então decidi! Vamos colocar este pó dentro do balão. Minha cunhada encomendou pela internet as duas cores, tudo para adiantar, porque quando eu fizesse o ultrassom não queria esperar muito tempo para fazer a revelação (afinal, não aguentaria de ansiedade).

Chegou na 16ª semana de gestação. Minha cunhada foi comigo no ultrassom, o médico contou para ela o sexo. No dia me bateu um arrependimento. Pensei: Que besteira eu fiz, vou ter que esperar três dias para saber.


Eu não fiz um “chá”, fiz um almoço no domingo para a família. A decoração ficou por conta das minhas cunhadas (que poderiam se profissionalizar de tão lindo que tudo ficou).

Lá estava o balão. Dentro dele o grande segredo. Toda a família ansiosa. A minha outra cunhada (Luane) fez cata-ventos azuis e rosas. Os convidados apostaram quem achava que era menino e quem achava que era menina. A maioria acreditava que seria menino. Eu principalmente, tinha certeza que era menino. Meu marido também.

Oramos agradecendo a Deus pelo nosso filho (a). O mais importante é que ele (a) venha com saúde. Mas é claro que todos querem saber o sexo. Chegou a hora. Estouramos o balão. Todos torcendo. Todos vibrando. Poooooowwww!

O lugar se encheu de um pó cor de rosa! Nossa cara de espanto não deu para esconder. Um sentimento maravilhoso. Valeu a pena a espera. A família gritando. Fosse menino ou menina a gente ia comemorar. Só que agora temos uma recordação inesquecível. Um dia que ficou marcado não só para os pais, mas para os avós, bisas, tios, primos....Foi lindo, foi mágico.

Que venha nossa menina!

Te esperamos gatinha com muita alegria, com muita festa e muito amor!

E o seu como vai ser???

Veja algumas fotos e ideias para você!

Bolos!

Descobrem com balões dentro da caixa!

Docinhos!

Plaquinhas!

Gostou? Compartilhe este post ;)

#capa #Matérias

586 visualizações

A vida nos enche de motivos para Celebrar. É só prestar atenção aos detalhes para ver que, ao nosso redor, existem inúmeras razões para festejar, comemorar, reunir e partilhar.

© 2016 Revista Celebrar - Todos os Direitos Reservados - Este Site Foi Orgulhosamente desenvolvido por: Agência Integre

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube