Enviar a matéria pelo WhatsApp

No "dia do cabelo maluco" menina surpreende professores e colegas


Muitas escolas tem o costume de promover festas diferentes para animar a criançada. Uma escola fez o dia do Cabelo Maluco. Aí uma aluna que não tem cabelo por conta de uma doença, surpreende a todos. Confira esta história! #CelebreaVida.

Um dia, a escola da pequena Gianessa Wride, de 7 anos, nos Estados Unidos, resolveu inventar o Dia do Cabelo Maluco, propondo que cada criança inventasse um penteado diferente para ir à aula. Tudo certo aí, mas tem um detalhe: Gianessa não tem cabelo.

Com a cabeça carequinha por conta de uma doença autoimune que provoca a queda total de seus fios, a pequena pediu ajuda da mãe para bolar um jeito de participar. Juntas, elas ousaram na criatividade e fez bonito da data comemorativa. No lugar dos cabelos, ela fez um penteado com adesivos brilhantes coloridos, e deu uma lição aos professores e alunos sobre autoconfiança e aceitação. Não por acaso, a pequena levou o prêmio de melhor look do dia.

Com Informações de Catraquinha Livre

#capa #Matérias #autoconfiança #cabelo #doençaautoimune #careca

114 visualizações

A vida nos enche de motivos para Celebrar. É só prestar atenção aos detalhes para ver que, ao nosso redor, existem inúmeras razões para festejar, comemorar, reunir e partilhar.

© 2016 Revista Celebrar - Todos os Direitos Reservados - Este Site Foi Orgulhosamente desenvolvido por: Agência Integre

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube