A vida nos enche de motivos para Celebrar. É só prestar atenção aos detalhes para ver que, ao nosso redor, existem inúmeras razões para festejar, comemorar, reunir e partilhar.

© 2016 Revista Celebrar - Todos os Direitos Reservados - Este Site Foi Orgulhosamente desenvolvido por: Agência Integre

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Admin

Os 6 alimentos “saudáveis” mais carregados de sódio


Peito de peru, queijo cottage, pão integral... Esses alimentos não podem faltar numa dieta saudável? Fique sabendo que eles podem conter uma quantidade elevada de sódio, nutriente que, em altas porções, é um dos piores inimigos do coração. Segundo Dra. Paula Vasconcelos, nutróloga do Espaço Volpi, em São Paulo, o sódio tem funções importantes no organismo como facilitar a contração muscular. Mas é importante ficar de olho nele. “Em excesso, esse mineral provoca a liberação de alguns hormônios que causam retenção líquida, aumentando a pressão sanguínea que pode sobrecarregar o coração. O que é perigoso, principalmente para quem já possui hipertensão arterial”, diz. Em outras palavras, se você exagera no sódio (matéria-prima do sal de cozinha) vai ficar, no mínimo, inchada. No geral, o Ministério da Saúde recomenda até 5g diárias de sal (uma colher de chá), equivalente a 2.000 mg de sódio. De acordo com a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão do Ministério da Saúde, alimentos com quantidade elevada de sódio são aqueles que possuem na composição pelo menos 400 mg de sódio em 100 g ou 100 ml. Para não exagerar na dose, fique de olho no rótulo dos alimentos. Em 100g, é preciso ter menos de 120 mg de sódio. Entre 120 mg e 600 mg, é considerado um valor moderado. Ou seja: é preciso evitar ou consumir moderadamente tal alimento. Mais de 600 mg, o alimento está fora de cogitação Para a Dra. Paula, a maioria desses alimentos não precisa ser banida da sua mesa. Basta não exagerar. Mesmo porque eles possuem outros nutrientes importantes para a saúde. Está acostumada com o sabor do sódio? “Diminua gradativamente a ingestão, aos pouquinhos, vá reduzindo as quantidades nas suas receitas”, aconselha. “Opte por temperar os alimentos com ervas e outros ingredientes naturais. A partir do terceiro mês de consumo, seu organismo se adapta totalmente aos novos sabores e não percebe mais a diminuição do sal, porque ele começa a reconhecer outros temperos que são até mais interessantes”. Produtos industrializados, enlatados, conservas, embutidos e defumados costumam ser campeões de sódio, já que esse nutriente atua no sabor e conservação desses alimentos. Mas o que dizer daqueles, teoricamente saudáveis, que carregam grande quantidade de sódio? Para você não ser pega de surpresa, a nutróloga selecionou os seis alimentos considerados inofensivos que mais contém sódio:

  1. Peito de peru defumado (880mg de sódio em 100g)

  2. Bolacha água e sal (744mg de sódio em 100g)

  3. Pão integral (552 mg de sódio em 100g)

  4. Queijo cottage (405mg de sódio em 100g)

  5. Cereal integral (372g de sódio em 100g)

  6. Atum enlatado (352m de sódio em 100g)

Fonte: revista Boa Forma

#capa #Matérias

21 visualizações